"O problema começou com a orkutização do twitter. Maldita Inclusão Digital! Conseguiu ferrar com o Orkut e agora o twitter está no mesmo barco. Quando as pessoas descobriram que era possível interagir com várias personalidades famosas pelo twitter, o negócio virou uma febre. Com uma multiplicação de usuários maior do que no final do filme Gremlings 2, o negócio virou uma loucura. Se antes a fama de uma pessoa era medida em quantos perfis a pessoa tinha no Orkut (porque quando chegava a 999 não podia mais ter amigos, 11° mandamento: nenhuma pessoa na terra poderá ter 1000 amigos!) hoje a fama é medida pela quantidade de followers no twitter."

Retirado do blog "Pimentas no Reino".
Leia mais aqui.


Eu sempre fico em cheque quando se fala na tal inclusão digital.
A gente, que está aqui, que praticamente tem um vida online, temos noção do mundo que está diante dos nossos olhos curiosos e, claro, gostaríamos que as outras pessoas conhecessem isso tudo que é a rede mundial de computadores.

Mas, graças ao comodismo das pessoas e, pra não esquecer, da falta de interesse, a internet é resumida em orkut e 'msn' (apesar do programa usado ser o Windows Live Messenger). Claro, olhar a vida dos outros online é bem mais fácil e rápido. Isso tudo acompanhado daquele pensamento "o que importa é que o outro entenda o que eu quero dizer" o que significa que haverá um show de fotos sem noção e erros ortográficos gritantes.

O problema é que a internet não é só a vida dos outros.

Então veio o twitter.

Os "orkuteiros" e "emessieneiros" descobriram que os seus artistas estavam lá e descorbriram também que poderiam ser populares na nova onda da internet.

Sendo que, no momento dessa grande descoberta bombástica, já haviam pessoas no twitter e também já havia uma 'cultura do twitter'. Talvez esse seja o ponto que, pra nós que o usamos diariamente, torne a explicação de "o que é o twitter" tão complexa em alguns momentos afinal o twitter não é "uma espécie de orkut" como dizem por aí, aliás, muita gente nem sabe ao certo o que é o orkut.

Resumindo: Já é comum ver sessões de "chat" no twitter e os "me add que eu te acc".

Por essas e por outras que eu estou levantando a bandeira "Desorkutizando o twitter".

Já chega de mentes vazias nas redes sociais.

Twitter não é uma espécie de orkut.
Twitter não é chat.
Twitter não é comunidade.

A propósito: www.twitter.com/IoRDaN



♪ Ouvindo: Joey Negro and the Sunburst Band – Sitting On Top Of The World [5:40]
É um ótimo som pra quem gosta de disco house.

4 comentários:

ΆѓȚђųґ disse...

Concordando com nosso Amigo!

AMANA MEDEIROS disse...

hahahaha! Muito bom, Iordan! Concordo contigo.

Ps nadaver: dois coments Okimós :p

Mythus disse...

Eu sigo uns que a cada 10 post 1 presta. Ainda bem que são só 3 ;^)

Cesar Leão disse...

Fala Iordan!!
Muito bom o texto, tá mesmo um saco esse negócio de "me segue que eu te sigo" ou o me indica que eu te indico"...
tem bastante gente lá que não segue pelo conteúdo, e sim pelo número de followers que a pessoa tem!!
Eu sigo pelo conteúdo apresentado!!
Abraços!

Copyright 2010 Okazi
Lunax Free Premium Blogger™ template by Introblogger